Acessibilidade é uma das bandeiras da Marcha para Jesus


A Marcha para Jesus conta com milhares de voluntários que são divididos em diversas coordenadorias, uma delas, a PcD é responsável por dar assistência às pessoas com deficiência física durante o evento.

Neste ano, elas puderam contar com o apoio do serviço Atende+ da SPTrans, que disponibilizou vans responsáveis por buscá-las na estação Tietê e levá-las ao evento.


Eles também acionaram o serviço para retornarem ao metrô ou para suas residências.

Em uma área reservada em frente ao palco, eles tiveram uma visão privilegiada das apresentações musicais.

“Pra mim, está sendo uma experiência muito boa, porque é minha primeira Marcha para Jesus. Este evento é muito importante, pois ainda existem muitas vidas se perdendo e muitas pessoas que ainda não conhecem a Palavra de Deus", afirmou Leandro, um jovem de 20 anos que veio acompanhado pela família.

Os surdos foram acompanhados durante todo o evento – desde a caminhada até a última apresentação – por interpretes de Libras (Língua Brasileira de Sinais).


Redação

Com a colaboração de Rodrigo Avelino

Equipe de Fotografia da Marcha para Jesus: @brunobros_ @filmsbylion @pedro.flausino @rafa_aluis @giuldeko.photo @juan.fernandezf @rai_ribeiro1998. @sarahbrito12 @gabrielsergiogs @dm_arcafotografia

LOGO (SEM FUNDO) (3).png

notícias