TBT: Tudo o que rolou na Carreata Solidária da Marcha para Jesus de 2020

Por conta da pandemia, a 28ª edição da Marcha para Jesus ganhou uma versão diferente. Para evitar aglomerações, em vez de o público sair às ruas marchando, houve uma mega carreata solidária, composta por mais de 10 mil veículos.


Um dos principais objetivos do evento, realizado em 2 de novembro de 2020, foi arrecadar cestas básicas para as próximas ações sociais da Igreja Renascer em Cristo – que, só durante a pandemia, 205 mil cestas básicas em comunidades carentes.

O posto de arrecadação foi montado no estacionamento da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.


Durante o percurso de 12 quilômetros, os participantes louvaram e fizeram orações, mas dentro de seus automóveis. Alguns foram de moto. Assim como nas outras edições, eles vieram com pedidos de oração na sola dos seus calçados.


O ato de fé, esperança e solidariedade começou por volta das 13h, próximo ao Obelisco do Ibirapuera, com uma oração do Apóstolo Estevam Hernandes, presidente do evento no Brasil, que consagrou o trajeto e levantou um grande clamor em prol da nação brasileira.

“Hoje, viemos declarar que o Senhor desta nação é Jesus e que, n´Ele, há vida, paz e esperança! Sem dúvidas, essa foi a maior carreata da história do nosso país. E tudo isso é para glorificar o nome de Cristo!”, afirmou ele.

Os veículos, conduzidos por seis trios elétricos, percorreram a Avenida 23 de Maio e seguiram em direção ao Pavilhão de Exposições do Anhembi, onde houve um mega show com os maiores nomes da música gospel nacional no estilo drive-in e com vagas limitadas – 1500 veículos previamente cadastrados


Em cima do trio principal, o Apóstolo Estevam, a Bispa Sonia Hernandes, Renascer Praise e Marcelo Aguiar animaram o percurso.

Os participantes puderam acompanhar as orações e os louvores dentro de seus carros, por meio da transmissão ao vivo realizada pela Rádio Gospel FM.

A Carreata Marcha para Jesus também agregou os principais ministérios evangélicos do país. No site oficial do evento, mais de 1500 igrejas foram cadastradas.


Acompanhe, na reportagem abaixo, as imagens do trajeto:

O encerramento da Carreata Solidária da Marcha para Jesus foi marcado por um show no estilo drive-in e uma mega live.


Para a estrutura de som e luz, foiram utilizados mais de cinco toneladas de equipamentos. Além disso, no local, foram montados 16 telões e 5 painéis de led, que proporcionou ao público uma visão privilegiada das apresentações

Foram mais de 8 horas de louvor e adoração com os maiores nomes da música gospel nacional, que se revezaram no palco de mais de 450 m².

Entre eles, estiveram: Praise Cia de Dança, Diego Ribeiro, Aline Nunes, Mauri de Jesus, Bárbara Teruko, Mariana Valadão, Sarah Bia, Juliana Silva, Wesley Ros, Gabriel Guedes, Daniel Berg, Ton Carfi, Leonardo Borges, Davi Sacer, Midian Lima, Ao Cubo, Kemuel, André & Felipe, Marcelo Aguiar, Isadora Pompeo, Casa Worship e Renascer Praise.

Respeitando todas as medidas de segurança, apenas 1500 veículos – com, no máximo quatro, pessoas em cada – foram estacionados no local do show.

O pavilhão de exposições do Anhembi foi totalmente adaptado para que o público pudesse louvar com conforto e segurança.

A organização do evento também fez uma parceria com o “NadaPay”, garantido um atendimento de qualidade, sem que houvesse a necessidade de os participantes saírem de seus veículos para se alimentarem.

Ao fazer o download do app, o usuário teve acesso ao cardápio disponível e recebeu um código que identificou sua vaga no drive-in. Os pedidos foram entregues nos carros por funcionários com luvas e máscaras de proteção.


Dentro de suas casas, internautas do mundo todo puderem acompanhar as apresentações por meio do canal oficial da Marcha para Jesus no YouTube.

Breve história da Marcha para Jesus

No ano de 1993, a Marcha para Jesus chegou ao Brasil através da vida do Apóstolo Estevam, que hoje é o presidente da Marcha no Brasil, quando aconteceu a primeira edição do evento em São Paulo. Naquele ano, a Marcha saiu da Avenida Paulista, desceu a Avenida Brigadeiro Luís Antônio e chegou ao Anhangabaú, para a concentração.

Seis anos depois, cerca de 10 milhões de pessoas de mais de 170 países marcharam para celebrar o nome de Jesus Cristo. Cidadãos de diversas religiões, idade e raças saíram às ruas em países como Argentina, Canadá, Colômbia, Cuba, EUA, Finlândia, França, Itália, Japão, Moçambique, Rússia, entre outros.

Em 2021, a Marcha para Jesus será realizada em Israel pela oitava vez, durante a Caravana Apostólica.

Evento oficial

A Marcha para Jesus faz parte do calendário oficial do País desde setembro de 2009, quando a Lei Federal 12.025 foi sancionada pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Em São Paulo, o evento conta com o apoio da prefeitura de São Paulo, Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), SPTrans/ATENDE, São Paulo Turismo e Policia Militar.

Redação

1 visualização0 comentário